Logo Prêmio QDC 2019 logoEntão chegamos à oitava edição do Prêmio Questão de Crítica! Para quem não conhece a nossa trajetória, em que seguimos nos questionando sobre o pensamento que orienta a premiação e os formatos possíveis dessa festa, há algum tempo eliminamos a dinâmica de categorias e indicações. Não é nossa intenção dizer o que ou quem é “melhor”, mas apresentar um recorte da cena apresentada na cidade a partir do que demos conta de assistir. Os trabalhos foram escolhidos por um grupo formato por críticxs, artistas e curadorxs: Daniel Schenker, Daniele Avila Small, Mariana Barcelos, Patrick Pessoa, Paulo Mattos, Renan Ji e Viviane da Soledade. Neste ano, contemplamos um número um pouco maior de trabalhos, continuamos tentando olhar para a cena universitária e premiamos, pela primeira vez, uma artista internacional.

 

 

O 8º Prêmio Questão de Crítica comemora:

  • Cia dos Atores pelos 30 anos de trabalho
  • Editora Cobogó pelos 10 anos de dedicação à publicação de teatro
  • O grelo falante pelos 20 anos de atividades
  • Segunda Black pela criação de um espaço de experimentação e reflexão para artistas, intelectuais, produtores, curadores e técnicos negros no Rio de Janeiro
  • Amanda Lyra por Quarto 19
  • Ana Kfouri por sua trajetória dedicada à criação cênica e à formação de artistas, bem como por Uma frase para minha mãe
  • Bia Lessa por Grande Sertão Veredas
  • Hilton Cobra (Cobrinha) por sua trajetória dedicada ao teatro e pelo Projeto Lima Barreto
  • Renata Carvalho por O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu
  • Cia Pequod por A última aventura é a morte
  • Cia. Teatro Esplendor por Um tartufo
  • Coletivo Arame Farpado por Arame farpado
  • Grupo Carmin por A invenção do Nordeste
  • Dorothée Munyaneza por Samedi Détente e Unwanted, espetáculos apresentados no festival Cena Brasil Internacional